segunda-feira, 21 de maio de 2012

[Livro] Japão: Mini Enciclopédia do Japão



Eu costumava ser uma leitora voraz de enciclopédias na idade escolar, principalmente porque naquela época o meu acesso à informação, além da que recebia em sala de aula, era quase que exclusivamente através de livros da biblioteca da minha escola ou dos que o meu pai podia me dar.

Depois do meu ingresso na Universidade aos 17 anos e com o acesso constante à internet, as enciclopédias passaram a ser o tipo de livro que eu raramente li na década passada. Eu, mesma não imaginava que publicaria no blog um texto falando sobre algum tipo de enciclopédia, pois a maioria delas apresenta conteúdo muito resumido e, particularmente, gosto de me aprofundar ao máximo possível no que me proponho a pesquisar.

Esta Mini Enciclopédia do Japão não é diferente das que me referi acima no quesito “quantidade de informações”, e nem poderia ser, pois como apresenta coerentemente o próprio título da obra - “mini”, é de se esperar, também pela quantidade de páginas, que apresente apenas o substancial. Contudo, ela me agrada por conta da organização e da visão panorâmica que proporciona ao leitor sobre aspectos histórico-culturais do Japão.

A enciclopédia, que foi produzida pela Comissão Executiva do Intercâmbio Cultural Brasil-Japão, em colaboração com a Fundação Japão e publicada em 31 de março de 2011 com a tiragem de 10 000 exemplares, contém 265 páginas; é totalmente colorida; e foi editada por Masato Ninomiya, Takeshi Yoro, Taku Miki e Genjiro Ito, em razão do projeto de promoção do Intercâmbio Cultural Brasil-Japão. Ela foi lançada em ambos os países, através das embaixadas e dos consulados.


 A estrutura e organização do conteúdo é bem didática. Ele está organizado em seções indicadas por cores na lateral das páginas que ajudam a localizar o assunto indicado no sumário. São elas: “Prefácio”; “Sobre Este Livro”, que explica o objetivo do material, como lê-lo, períodos históricos, legendas etc; “Um País Chamado Japão”, parte mais extensa subdividida em 8 partes que correspondem às regiões japonesas; “Principais Animais e Plantas do Japão”; “A Trajetória do Intercâmbio Brasil-Japão”; “A cultura e a Indústria Japonesa”, que traz informações sobre culinária, artes, jogos, cerimônias, literatura etc.; “História do Japão”; e “Tabela Cronológica”. Além disso, no final há uma tabela de Hiragana e outra de Katakana.

Leia este trecho extraído da seção “Sobre Este Livro”:

Este livro foi publicado com o objetivo de ajudar nossos amigos brasileiros a aprofundarem sua compreensão em relação à imagem integrada do Japão. Dentro de um número limitado de páginas, tentamos apresentar o máximo possível de informações e dados sobre o Japão, tais como suas riquezas naturais, sua história, sua cultura, entre outros.

Esperamos que este livro não apenas venha a ser útil como uma pequena enciclopédia, mas também possa ser desfrutado como objeto de leitura, e que este possa proporcionar aos brasileiros a oportunidade de aumentar o interesse e a familiaridade em relação ao país chamado Japão.


Suas páginas são enriquecidas com mapas, fotografias, ilustrações. Além disso, na parte dedicada às regiões japonesas, há textos escritos em primeira pessoa, cuja autoria aponta para crianças e adolescentes japoneses na faixa etária entre 8 e 15 anos. Ao todo são nove textos curtos, mas muito bem escritos, onde cada um apresenta a sua cidade e a sua família.


O exemplar das fotos, ganhamos do nosso sensei. Ele recebeu algumas unidades do consulado e nos deu esta que considero um valioso presente. Não sei se foram produzidos exemplares para comercialização, mas creio que ela possa ser encontrada em bibliotecas de escolas públicas, uma vez que, dos 10 mil exemplares, nove mil foram destinados às escolas primárias no Brasil e 480 às escolas Brasileiras no Japão.

Pra quem a encontrar numa biblioteca ou mesmo através de um dos consulados do Japão no Brasil, recomendo a leitura desta enciclopédia, tanto pela relevância do conteúdo, quanto pela qualidade do material. Principalmente, se você for interessado no estudo do idioma japonês, pois estudar uma língua sem se interessar por conhecer a cultura do referente país é inconcebível.












~Nana~

Nenhum comentário:

Postar um comentário

コメントをありがとう! Obrigada pelo comentário!