segunda-feira, 4 de março de 2013

[PS3] Quando o seu console começa a dar sinais de “morte”


Confesso que nunca me preocupei com esse tema e, sinceramente, se não fosse pelos últimos eventos envolvendo nosso PS3 não teria investido tempo pesquisando sobre o assunto. Sei que as coisas têm um fim e que nada dura para sempre, mas eu, pelo menos, não tenho o costume de ficar pensando no dia em que certo objeto vai apresentar algum defeito ou encerrar a sua vida útil.

Concordo que é importante praticar o desapego, assim como pensar na morte (em todos os âmbitos, não apenas na nossa própria). E acredito que pensar no fim das coisas pode nos preparar para eventuais choques quando chegar a hora. Mas será se essa preparação não traz mais preocupação do que força para encarar a realidade?

Deixemos de lado todo o “drama” e essa “discussão filosófica”.  A questão é: você, gamer, proprietário de um Playstation 3 está preparado para enfrentar dias e dias sem as horas habituais de jogatina desenfreada? Ou ainda pior: está preparado para uma “morte súbita” do seu console? Nós não estávamos e ainda não estamos.

Porém, depois do que passamos com o PS3 – detalharei nas próximas postagens –, estamos muito mais conscientes do que pode acontecer com essa nossa preciosa máquina de diversão se não formos mais cuidadosos do que já somos. E, para falar a verdade, continuamos despreparados para enfrentar a sua ausência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

コメントをありがとう! Obrigada pelo comentário!